Podar e Crescer

 Ontem pus-me a podar as árvores do quintal, comecei tirando o excesso, comecei fazendo o óbvio. Fui me empolgando até que comecei a sentir-me como que sacrificando os  galhos, folhas e flores, senti uma pontinha de dor, estava jogando flores no chão, um ar de crime formou-se dentro de mim.
  Aos poucos percebi que os galhos estavam crescendo desordenadamente, a beleza aparente foi dando lugar à confusão, meus olhos puderam perceber o que realmente estava acontecendo! Os galhos mais altos traziam sombra, já os mais baixos me impediam de chegar mais perto e desfrutar daquela sombra.
  Até que o Espírito Santo assumiu a obra e me disse: “Preciso falar sério com você”, “Você está assim, como essas folhas, crescendo desordenadamente”, “Às vezes você acha que está crescendo, se engana com os elogios dos outros, se deixa levar pelas próprias aparências, quando dentro de você está tudo embolado como um novelo de lã”! “Você não conhece a arte de podar para crescer, porque só julga que cresce quando algo lhe é acrescentado”! Pensando nas coisas lá do alto, a gente encontra sombra no caminho, pensando nas coisas da terra, a gente nem consegue caminhar!
  Sim, Espírito Santo, venha podar meus pensamentos, venha podar o meu jeito de agir, semeia em mim a tua Verdade, que eu diminua e que Tu cresças, não me deixe sabotar com a minha maneira de ser aquilo que de modo puro quiseste fazer em mim. Liberta-me dos galhos falhos e confusos da minha mente, se for preciso começo tudo de novo, mas que o meu louvor seja aprazível a Ti.
  Podar para então Crescer
  André Luiz
  Niterói, 13/02/14

Uma Inundação

  Ainda não eram sete horas da manhã, toca o telefone frustrando o sonho de dormir até às oito. Notícia ruim, daquelas que depois que recebemos não conseguimos fazer mais nada, demandam tudo de nós. Tudo tem que ser alterado! Tudo precisa convergir para a solução daquele problema.
“A casa está inundada”. “Pernas para quê te quero”, ganha-se a estrada até o “destino manifesto”, chegando lá descobre-se que não era “alarme falso”, infelizmente havia água por todos os lados, o laudo era, um rabicho que tinha estourado durante a noite. Enquanto todos dormiam bem distantes daquela humilde terra, paulatinamente a água fazia o seu estrago!
  Muito bem, problema resolvido depois de algumas pequenas soluções e desgaste físico para limpeza, tudo volta o normal. Fica uma lição. Meditar sobre o que os nossos erros e inconsequentes atos, são capazes de fazer na nossa vida, quanta dor de cabeça!
  De igual modo penso, medito e peço: Senhor, Vem inundar a minha vida, que não sobre nada que não seja Teu em mim, que cada recôndito da minha alma seja inundada pelo Teu perdão e Graça. Que a água da Tua Palavra ponha fim a secura de uma vida sem Ti.
  Me inunde Jesus
  André Luiz
  Niterói, 05/02/14

Um dia frio

  Na mesa o prato predileto, na alma o vazio. Daqueles dias em que o sentido de tudo parece ter fugido pra longe e sem avisar pra onde. Sentido dores que não se conseguem comunicar, ninguém percebe, todos sabem julgá-lo nesse dia, só não sabem que esse é um dia mal, daqueles que a gente tem às vezes ao longo da vida.
  Todos os motivos para ser feliz fogem da memória, na cabeça oca mora um zumbido latente que não nos deixa nos movimentar. Ninguém vai entender, você não vai saber explicar…
  Esses sãos os dias em que mais gosto de Deus, o dia em que saímos da “órbita” e ficamos a sós com Ele, o dono do universo, o criador dos Céus e da Terra! O dia em que o silêncio entre nós, torna-se a melhor das conversas, o dia em que Ele não explica, o dia em que eu nem sei por onde começar!
  Sei que estás aqui Senhor, sei que tudo está sob o teu comando. Tu és Soberano! As minhas lágrimas não são o fim da linha, são apenas sinais de quebrantamento diante de dores por mim desconhecidas, por Ti criadas, mistério que só Tu podes revelar quando te aprouver.
  Às vezes a gente pensa que não sabe de mais nada, tudo parece escuro, mas Ele, sabe de todas as coisas, Ele é a própria luz!
 Ele é Deus de todas as estações!
 Hoje está frio
 André Luiz
 Niterói, 18/01/14

O Hegemônico é subtil

Pontocomponto + alguma coisa, nos EUA apenas pontocom.
T-Shirts com a mensagem 100% negro mas nunca escrito 100% branco.  Dois exemplos de que a maioria bem com quem manda não aparecem, não precisam tornarem-se evidentes pois já o são dentro de uma relação de poder.
As minorias precisam sempre ficarem afirmando-se. Porém quem domina é o que é, sem precisar de afirmação de alguém. Pessoas desconhecidas têm FACEBOOK como uma ferramenta de visibilidade para o seu trabalho ou prestação de serviços, porém o hegemônico luta para não ter a sua privacidade invadida e sofre porque tudo o que faz é alvo da mídia. Um profissional desconhecido luta para que as pessoas contratem seus serviços, enquanto quem é conhecido não consegue atender a todos tornando assim os seus serviços muito valorizados. O artista desconhecido luta por qualquer espaço para mostrar sua arte enquanto que o João Gilberto esgota ingressos e lota casas de espetáculo em poucas horas de anúncio de um show seu e se dá o luxo de lá não aparecer. Analise o perfil de alguém famoso no TWITTER: muitos o seguem, mas ele mesmo segue a poucos.
Lutamos para falar com pessoas que nunca vão querer falar com a gente. Batalhamos para entrar em lugares que nunca vão nos querer por lá. Todos visitam a Torre Eiffel antes mesmo de conhecerem todos os seus parentes distantes ou outros lugares do próprio país. O famoso se esconde o desconhecido faz de tudo para ser BBB. Todos compram o CD do Chico Buarque e dão de presente pra alguém mas do desconhecido todos baixam na internet.
Sendo assim, não posso servir à criatura. Preciso servir ao Criador. A soberania Dele ninguém questiona. Não apareceu concorrente em toda História do homem. Não querendo o lugar de rei nem na minha própria vida, sirvo a Ele sem discussão.
Andre Luiz
Lisboa, Dezembro de 2011